Dreams are renewable. No matter what our age or condition, there are still untapped possibilities within us and new beauty waiting to be born.

-Dale Turner-

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Danse et sorir

            Por mais que essa música remeta à morte, trás vida pra dentro de mim.

  Eu abro a porta e te trago pra dentro. Aqui há mil vitrais coloridos por onde entram as luzes que colorem o ar, colorem você... E quando te tocam, deitam e se desenham sobre mim.  Nossas cores se confundem e a minha felicidade mora dentro dos seus poros, que exalam o perfume do encanto mais doce.

  Com minha mão firme em sua cintura, dançaremos, rodopiaremos pelo mar de felicidade, embaladas pela música eterna que meu coração, seu coração, ira embalar por ti. Eu te levarei pelos próximos passos até onde nem eu mesma sei chegar, mas eles serão dados por você, até você, com você... E cada passo será enfeitado por muitas outras declarações de amor inspiradas nos sonhos que tem poder de me conduzir ao esperado futuro que vislumbro nos seus olhos caramelados. E quando esse os passos acabarem, farei um salão ainda maior pra abrigar esse amor, pra dançar com você pela eternidade.

11 comentários:

joyce Pretah disse...

Não ousaria chamar de ''simples'' tamanha beleza.Não cabe à grandeza de tal sentimento uma alcunha tão....tão.... simples.

Na melodia que propuseste,dancei em cada letra e desejei um dia receber algo assim,pungente,profundo,lindo.

amei!

beijos da PRETAH!

KeL disse...

Isso td que você escreveu, é o que eu mais sinto e desejo. Eu te amo cada vez mais, minha princesa.

Stripped & Raw disse...

eu fico impressionada com a forma que você consegue expressar seus sentimentos. É tão leve, gostoso, carregado de paz, de cheiro, de cores.


vc arrasa, flor!

Jão disse...

E que essa dança seja com passos bem ensaioados, calculados, para que não tenha nehum pisão de pé ou desequilibrio.

Beijos querida!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Expressar sentimentos não é nada fácil,
mas você o faz de uma forma que muito
me agrada.
Beijinho
Irene

Silene Neves disse...

Oi Ana! Saudades!

Vim retribuir sua visita em meu blog... seu carinho e sua atenção!

Chego com o coração leve... e saio daqui flutuando com o que li!

Simplesmente lindíssimo! Tuas palavras possuem um coração em cada sílaba!Encantada!

Feliz com sua amizade... te deixo beijo e carinhos vermelhos!

Sil

Ps.: Beijos e carinhos vermelhos pra Kel tbm!

Posso levar uma frase daqui? Postá-la com os devidos créditos a vc e seu link!? Irei coloca-la na galeria dos vermelhos lá no meu blog! Me avise se autoriza ou não! Bjim!

Xael disse...

A luz vai levar tudo de bom aos apaixonados... se afogue em todo esse mar de felicidade.. o cultive pra nunca acabar.. a unica coisa que pode separar tanto amor e mesmo assim por pouco tempo é a pequena morte, mas após algumas lágrimas.. você sabe que verás seu amor o mais rápido... caminhe por longos lugares.. e sempre sentira a mão quente de sua amada, e quando olhar pro lado cansada verás um lindo sorriso e uma voz a dizer vamos continuar, que o caminho é longo e estou aqui pra te ajudar.. a eternidade será pouco tempo pra cultivar tão grande amor.. que ultrapassa a luz e supera qualquer escuridão... vivais o doce e puro amor.. e assim será eterno cada segundo...

parabéns... por me encantar com tais palavras sinceras...

Anônimo disse...

Oi Ana...

Tudo bem? Vim retribuir sua visita! É bom ter vc por lá! És sempre bem vinda!

Beijos e carinhos vermelhos!

Sil

Anônimo disse...

Não estou conseguindo deixar comentários com a minha conta do google. Por isso ficou como anônimo.

Beijo

Sil

Anônimo disse...

Olá Ana!

Já publiquei o que eu tirei daqui. Depois passa lá para ver como ficou. Verifique a barra lateral do blog. Agradeço seu carinho. Também estou com saudades! Vamos marcar para nos vermos de novo como aquele dia!

Tenha um fim de semana de paz!

Beijos

Sil

Pablodumb disse...

e que assim seja para agora e sempre,
sentimento seja constante e crescente!

""A dança é uma tentativa muito rude de penetrar no ritmo da vida.""
bernard shaw

Postar um comentário