Dreams are renewable. No matter what our age or condition, there are still untapped possibilities within us and new beauty waiting to be born.

-Dale Turner-

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Chérie bien aimé

Ela vinha carregando as sacolas pela rua, com o olhar perdido e ares de felicidade. Passos que por bem pouco não pareciam pequenos saltos de alegria. Abriu o portão do condomínio e cumprimentou uma velhinha sorridente que caminhava por ali. Entrou no prédio, ganhou as escadas e seguiu até o fim do corredor. Apoiou as sacolas no chão e começou a procurou as chaves do apartamento.
Quando a porta se abriu, não tinha quase nada pra ver. Um grande colchão de ar, muitas caixas espalhadas, notebook, televisão, som e discos. Ela passou direto pela sala e deixou as compras na cozinha. Logo no corredor, começou a arrancar as peças de roupa do corpo e foi largando pelo caminho até o banheiro. E não pode conter a gargalhada quando percebeu que estava realizando um pequeno sonho. Ligou o som e acompanhou a canção em voz alta... “Here I am and I stand so tall, just the way I’m supposed to be.” Foi até o banheiro tomar banho com as portas abertas.
Saiu de lá em vinte minutos, vestiu algo confortável e só então foi pensar nas sacolas em cima da pia. Guardou algumas coisas na geladeira e preparou café fresco.
Apanhou um livro no chão, se deitou no colchão e começou a ler: “Se pode me prometer algo prometa que... sempre que você se sentir triste ou insegura... ou que sua fé vacilar... você vai tentar olhar pra si mesma com meus olhos. Obrigado pela honra de tê-la como esposa. Não tenho do que lamentar. Tenho muita sorte. Você foi minha vida, mas eu sou apenas um capítulo da sua. Haverá mais. Eu prometo...”. O resto da página se perdeu num sonho confuso.
Caminhava em direção à porta e quando passava por ela, sentia areia fina nos pés. O corredor era substituído por uma imensidão de água do mar, avermelhada pelo sol que se punha à frente. Ela se sentou pra observar o brilho na superfície da água pensando que aquele não era um sonho pra se ter sozinha. E como se alguém ouvisse esse pensamento, veio a menina de cabelos curtos caminhando com um sorriso em sua direção. Pronto! O sonho piegas perfeito. Mas antes que elas se encontrassem, o sonho foi interrompido por uma nota um pouco mais alta de alguém que cantava pras paredes da sala.
Sorriu, passou a mão nos cabelos e correu os olhos pelo bagunça que ela mesma fizera. Aquele lugar, aquelas caixas, espaço e tempo eram seu maior sonho real. Mas esse também era um sonho pra não se ter sozinha, pena que acordada seu pensamento não tivesse poder de realizar certos desejos.
Apanhou o computador e escreveu: “Quanto tempo sem te ver... Acabei de sonhar com você outra vez. Tô deitada na sala do apartamento novo agora. Isso aqui ta a maior bagunça rs. No final das contas eu não sei mesmo me virar sozinha... Tá faltando a sua paz pra me acompanhar...” E enviou. Não tinha nada pra perder mesmo. Quem sabe o mar adentrava a porta da sala.

6 comentários:

Joyce disse...

eu li,li,e reli o texto até conseguir sentir ele em mim.O senti bem forte na parte que ela sente a areia em seus pés e se deixa levar pela imensidão da água do mar.

me fez sorrir e ter de novo a certeza de que sonhos são bons....e sonhos de amor são sempre os mais doces....

o amor é piégas e incorrigível....e que bobeira fugir disso!! felizes aqueles que sonham sonhos loucos,piégas e cafonas!!!

..pra fechar meu comentário,a foto esta perfeita,vc tem um bom gosto do outro mundo...e como se n bastasse,fechou o texto com maestria....e sem perder aquele que de esperança...que afinal é um dom que tens dentro de si^^

te amo

Dayanne Andrade disse...

Como disse Xuh.. nada de "brega" ficou otimo.. gostei mesmo.. da para sentir o momento e viver toda a sensaçao... aaaahhh xuh.. seus textos sao bons... tem essencia.. parabens...

bjus...


xuh!!!!

Xael disse...

é a vida sozinha.. quem pode viver sozinho?? acho q ninguem.. mas nada melhor q sua independecia, nao ter pra quem dar satisfaçao.. e nada pior de que nao ter ninguem em casa quando chegar..
a esperança se faz necessaria em qualquer lugar.. o amor é tao bom e ao msm tempo tao ruim.. se dedica a pessoa certa pode ser a melhor coisa do mundo.. se dedicada a pessoa errada pode se tornar uma praga.. mas ninguem consegue viver sem ele.. bom ou ruim o amor se faz essencial pra vida de qualquer um.

Jão disse...

sonhos, todo e qualquer sonho é sempre melhor quando se sonha a dois.

bjs minha querida flor....sonhe bastante tanto na imaginação quando na realidade.

nos sonhadores somo felizes, "bobos", mias felizes!!!

Juliana Nassau disse...

Você sempre me surpreende! Texto limpo, expressivo e envolvente, ameei mãe!!
Você escreve extremamente bem, um dom maravilhoso.
To com saudade de vc, se cuida!!

.: Denise :. disse...

é gente!! coisa boa de ler vc, menina!!!

é tão simples, tão doce o modo como vc junta as palavras...mas muuiito bom!

bjos

Postar um comentário